quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Um Anjo Preto Peludo, história de amor incondicional


Hoje aconteceu um fato muito interessante e ao mesmo tempo emocionante.
Como sabem minha Mãe se encontra ainda acamada (não se assustem, mas agora já está bem melhor) e como podem adivinhar a fase da paciência há muito já acabou; até porque ela é uma senhorinha muito ativa e essa imobilidade parcial com certeza já esgotou toda a paciência que lhe é característica.
Bom essa história já perdura 5 meses e nesses meses todos tomo meu café da manhã sentada aos pés da cama, pois sempre odiei fazer as refeições sozinha e acredito que o mesmo acontece com Mamãe.
Hoje estava ainda lá no quarto sentada aos pés da cama quando a Peta entra no quarto para dar o costumeiro bom dia (sim, todos os meus Anjos passam várias vezes ao dia para conversar um pouquinho com a Vovó), pediu para subir na cama e eu a ergui.
Ficou fazendo graça e conversando com a Vovó; daí do nada minha Mãe olha para ela e pergunta assim: “Peta você pode me curar?” ao que a Peta responde com um arrulhar parecido com pombinhas namorando e vai fazer carinho nos pés da minha Mãe sob as cobertas.
Confesso que fiquei com um nó na garganta, como pode esse serzinho saber onde estava o dodói (minha Mãe teve uma ferida varicosa enorme na perna que está quase completamente cicatrizada) e ainda ter tamanha compreensão ao ponto de demonstrar tanta solidariedade.
Gatos são Anjos, sempre tive isso comigo... Deixaram as asas para poderem ficar conosco dando carinho e amor incondicional.
Fico imaginando como alguém pode jogar fora esses AnjoGatos e Anjocães...
Antes que me perguntem...
Não tirei fotos, estava sem minha cam...

11 comentários:

Gata Lili disse...

Vai dar tudo certo e você vai ver como tudo vai mudar.

Andrea Sassaki disse...

Aninha...pra variar, chorei...não sabia que sua mãezinha estava doente. Mas ela vai sarar, e ficar muito bem.
Quanto a Peta....nem preciso dizer nada, né??? Esses anjos estão aqui para nos fazer melhor.
Pena daqueles que não sabem disso ainda.
Um beijo e muita luz de cura à mãezinha.

Dricalaz e os Gatonetes... disse...

Aninha do céu!
Não sabia da sua mãezinha...Más com tantos anjinhos por perto, logo ela estará muito bem e se Deus quiser fora desta cama!!!!!.
Eu acredito em tudo isso!!!. E eles compreendem tudo!!!
E vc tocou em um assunto, que eu a muito tempo queria conversar com alguém, tb houve acontecimentos parecidos comigo e na minha família. De até os gatos ficarem doentes tb...Más ficou tudo bem com eles...
E um dia conversamos, pois é muito assunto...Aninha, somos abençoadas, por termos esses anjinhos, nos curando e protegendo de coisas que não vemos e entendemos...Eles são seres superiores...
Dá um abração na sua Mamys, por mim, bjs em todos.

Elaine disse...

Ana,
Tive um cachorrinho quando ainda era solteira que sabia exatamente quando eu não estava bem. E sempre me confortava. Graças a ele eu não vivo sem um peludinho de focinho gelado por perto.
Beijos.

Nice disse...

Ana,
os gatos e outros animais tem uma delicada ligação com a parte oculta da vida...eles sabem bem mais que nós

Mariachiquinha disse...

Sempre amei animais, só durante os quatro anos que morei em apartamento eu não tinha como tê-los pertinho de mim.

Se as pessoas soubessem qunto esses pequenos anjos fazem bem a nossa vida...

Qualquer dias desses eu conto a história de amor entre meu "irmão" cachorro edmundo o meu pai.


Beijitos

Arte dos Gatos disse...

É claro que são anjos, com asas, sem asas, mas são anjos que nos cuidam e com certeza ela deu uma forcinha na recuperação da sua mãe!
Um beijo bem grande pra sua mãezinha e que ela se recupere logo!
Beijos

Gisa disse...

Eu também não sabia que tua mamãe estava doente; ainda bem que ela está quase boa e, com certeza, a Peta e teus outros anjos estão ajudando na recuperação. Cada dia que passa admiro, respeito e amo ainda mais os anjinhos peludos. Beijos para toda a família linda e, hoje, um especial para a mamãe da Ana!

lucia fontes disse...

De encher os olhos d'água seu post. Aninha, que Deus ilumine vocês e que sua mãe se recupere bem! Como disse a Nice, os gatos sabem mais do que nós e eu sempre acreditei que eles compreendem TUDO o que acontece conosco, até aquilo que nós mesmos ainda não entendemos. Sorte nossa que temos esses anjos ao nosso lado!
Beijo carinhoso,
Lu!

Madame Mim disse...

Bichos têm uma sensibilidade aguçada, são anjos peludos mesmo.
Melhoras p/ sua mãe.

bjos

LeCas disse...

Desejo as melhoras para a sua mãe. Quanto aos gatos e cães, concordo sem duvida. Neste momento tenho um casal de gatos e um cão. Companhia incondicional da minha mãe (79anos) sempre existiram animais na minha casa, fazem parte da familia, não estou a ver a minha casa sem um animal era como se falta-se um raio de sol.
Beijos LeCaS