terça-feira, 24 de novembro de 2009

Edward

Tenho gatos desde a mais tenra infância, encontrei aos seis anos de idade uma ninhada enquanto brincava em um campinho em frente a minha casa, fiquei com um.

O Chano sobreviveu a minha falta de experiência por quase sete anos, em uma época onde não se ouvia falar em castração e nem se tinha médicos veterinários tão capacitados.

De lá para cá tive alguns amigos felinos que me ensinaram muito sobre tolerância, respeito a individualidade, além de lealdade, confiança e dignidade.

Hoje olhando o passado vejo que essa convivência fez de mim uma pessoa melhor, pois me ensinou a respeitar a vida e principalmente cuidar do outro com responsabilidade.

O Edward, encontra-se muito bem cuidado na casa da Beatriz do Gatoca, porém como todos os animais ele também gostaria de ter uma casa e família só dele.

Ter carinho, ter cuidado, ter amor para poder desabrochar cada vez mais.

Quem quiser ter uma experiência inesquecível e marcante, quem for responsável para cuidar e amar um serzinho lindo que vai mudar sua vida pra sempre, habilite-se e um dia vai se dar conta que o Edward, ou a Canela ou tanto outros esperando uma família foram a decisão mais acertada que tomaram.

6 comentários:

Arte dos Gatos disse...

O Edward é um princípe, até no nome! Muito lindo.
Beijo

Clauco disse...

Não encontrei outra forma de contato, por isso escrevo aqui. Obrigado pelas palavras de incentivo - e pela inesperada surpresa de "ter' alguém que esperava pelo meu blog...

Abraços!

Gateira disse...

Estamos declarando nosso afeto por vc...dá uma passadinha no nosso blog:
www.gateira-gateira.blogspot.com


Beijos!

Claudia disse...

Lindas suas palavras e sentimento.
Tudo a mais pura verdade. Aprendemos muito com nossos amiguinhos e conviver com eles é uma dádiva.
bjs

Renata disse...

Eles realmente mudam a nossa vida para muito melhor, eu não seria nada sem o meu filhinho!!

Dricalaz e os Gatonetes... disse...

Aninha, querida!
Eu tb aprendi muito com eles e sou uma pessoa melhor!!!.
A vida não teria graça alguma sem nossos irmãozinhos de quatro patas!. E mais uma vez, muiiiito obrigada por lembrar da Canela!.
Mil bjs em todos!